sábado, 29 de maio de 2010

10inpirado...

As férias fazem bem a muita gente mas a mim... nem por isso! Deixaram-me sem matéria prima para trabalhar aqui no blog! Não há mitras para algemar, ninguém que se estique para lhe dar umas bastonadas, ninguém a resistir a detenções para lhes dar umas gazadas com o "pimentinha", não há gajos a fugir com carros gamados para perseguirmos com a sirenes ligadas com uns tirinhos pelo meio, nada!!!!
Só sol, praia, ócio e lazer! Deitar-me às tantas, acordar à hora que me apetece, comer bem e beber melhor, derreter o excesso de calorias no ginásio, ou seja, vida de mitra que não desejo a ninguém!!!

O que vale é que para a semana já começo a trabalhar...

terça-feira, 18 de maio de 2010

Linha de apoio ao cidadão... ou não!

Sempre que telefono para um qualquer serviço de apoio ao cliente fico com a sensação de que eles devem ganhar alguma percentagem do valor da chamada que fazemos, a julgar pelas intermináveis secas que levo!  E ainda por cima são garganeiros! Não basta ganhar o primeiro que nos atende a chamada como ainda temos que ser "chulados" pelos restantes colegas dos mais diversos departamentos! E desconfio que alguns desses departamentos só servem mesmo para passar chamadas...
Há uns tempos atrás, num curso de promoção, tive uma disciplina que se intitulava de "Comunicação Interpessoal e Atendimento". Nome pomposo para "saiba como atender alguém". Ora, se aplicasse essas técnicas aos tipo de atendimento que os serviços de apoio ao cliente normalmente fazem seria mais ou menos isto:

Geninho - Muito boa noite, GNR em Cascalheira, fala o Senhor Geninho em que posso ser útiiiillll??
Cidadão (a sussurrar) - Rua das Flores, n.º 13. Venham depressa que estão a assaltar-me a casa!!
Geninho - Tenho o prazer de estar a falar com???
Cidadão (ainda a sussurrar) - O quê?? Errr, sou o Martinho. Venham depressa, ca****o. Tão aqui dois gajos a entrar pela janela!!
Geninho - Muito boa noite Sr. Martinho. Em que posso ajudar??
Cidadão - F***-se!! Você é surdo ou quê??!! Tenho aqui dois gajos a assaltarem-me a casa m**da!! Mande cá alguém!!
Geninho - Muito bem Sr. Martinho. Mantenha-se calmo! A sua casa é uma moradia ou é apartamento??
Cidadão (já a falar alto pa c*****o) - Hããã??? Você tá a brincar ou quê?
Geninho - Não Sr. Martinho! Eu tenho que saber que tipo de casa é a sua para saber o tipo de patrulha que vou mandar ao local!
Cidadão - É uma moradia c*****o!! Já me estão a limpar os sofás!!!
Geninho - Mas este é o departamento de apartamentos. Aguarde um momento por favor. Vou transferir a chamada para o departamento de moradias.
Cidadão (a levar com a música de espera) - Aiii! Já me levaram o plasma!! Estou?!!
Outro Geninho - Boa noite Sr. Martinho! Recebi a informação que a sua moradia está a ser assaltada. Em que posso ajudar???
Cidadão (já a desesperar, é claro) - Oh seu ganda b**! Já me limparam a sala de estar toda e eu...
Geninho - A sala? Mas o Sr. está a falar para o departamento de moradias mas da zona da cozinha. Só um pouco que eu vou transferir a chamada!
Cidadão - Mas... ( a levar outra vez com a música de espera). F***-se lá se foram os móveis!!
Mais um Geninho - Boa noite Sr. Martinho! A sua sala está a ser esvaziada não é assim? Muito bem. Eu tenho uma patrulha disponível amanhã entre as 15H00 e as 19H00. Está disponivel a essa hora??
Cidadão - Dísponivel os col**es! Ai, meu Deus! Eles já me ouviram!! Estão atrás de mim!!!!!! Socooorrooo!!!!!
Geninho - Os bandidos estão atrás de si? Muito bem. Quantos é que são?
Cidadão (a correr pela casa) - São doooooiiiisssss, c*****ooooo! Socorrooooooo!!!
Geninho - Só mais uma informação Sr. Martinho. Eles estão encapuzados e usam luvas, ou não???
Cidadão - Têêêmmmmm gorrooooooss!!!
Geninho - Ahhh, seu malandro. O Sr. enganou-se! Este departamento é o das meias de vidro enfiadas na cabeça. Continue a correr! Vou transferir a chamada!!
Cidadão - Socoorroo. Ahhhhhhrrrhgggh!!!
Mais outro Geninho - Boa noite Sr. Martinho, em que posso ajudar?? Sr. Martinho?? Sr. Martinho??Está a ouvir-me??
Cidadão - tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu.
Geninho (para o primeiro Geninho que atendeu) - Vê lá se começas a filtrar melhor as chamadas. Este deixou-me pendurado! Que falta de educação...

Pois é, havia de ser bonito!!!!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Diferença entre um Socialista e um Geninho...

Mais uma patrulha, mais um cromo para aturar!

Um homem, que voava de balão aparentemente perdido, avista-me e aproxima-se. Depois grita lá de cima:


Ele - Pode ajudar-me? Fiquei de me encontrar às duas da tarde com um amigo, já estou meia hora atrasado e não sei onde estou.

Eu (pondo em prática alguns dos meus vastos conhecimentos de Geografia) - Claro que sim! O senhor está num balão, a 20 metros de altura, algures entre as latitudes de 40 e 43 graus norte e as longitudes 7 e 9 graus oeste.

Ele - Você é da GNR, não é?

Eu - Sou sim senhor! Como é que adivinhou?

Ele - Muito fácil! O que me disse está tecnicamente correcto mas é inútil na prática. Continuo perdido e vou chegar tarde ao encontro porque não sei o que fazer com a sua informação...

Eu (utilizando toda a minha argúcia e perspicácia)! - Ah! Então você é socialista!

Ele - Sou! Como descobriu?

Eu (usando os meus dotes de investigação para concluir o que o Governo não consegue desde à 5 anos atrás!) - Muito fácil: porque você não sabe onde está nem para onde vai, assumiu um compromisso que não vai poder cumprir e está à espera de que alguém lhe resolva o problema. Com efeito, está exactamente na mesma situação em que estava antes de me encontrar só que agora, por uma estranha razão, a culpa é minha!...

Mais uma vez, quem se f#*de sempre é o mexihão!

domingo, 9 de maio de 2010

Mais uma tristeza prá reforma...

Pois é. A vida é uma montanha russa e o meu blog é o carrinho que por lá anda... Por mais que eu tente dar um tom descontraído aos textos há sempre qualquer coisa que acontece para estragar tudo! Já vou estando habituado a desgraças e ainda vou ver muitas mais mas esta tocou-me particularmente pelos contornos que teve.

Mais uma patrulha, mais um óbito. Um senhor de 42 anos de idade sem nenhuma doença crónica, sem qualquer problema de saúde grave, faleceu durante a noite e só a autópsia determinará o que lhe causou a morte. Até aqui nada do outro mundo. O problema foi tocar-me a mim recolher as declarações da mulher (uma burocracia estúpida mas necessária) em que ela teve que me descrever o que se tinha passado. E aqui entra o que me arrepiou. O falecido estava sozinho com duas crianças em casa, de 8 e 4 anos, que de manhã tentaram acordar o pai. Só com a chegada da esposa perto da hora do almoço é que se descobriu a verdade. As crianças, na sua inocência, pensavam que o pai estava a brincar e disseram à mãe que o pai não queria acordar...

O que mais me custou ainda foi estar a ter esta conversa com a senhora enquanto a criança mais nova dizia à mãe: "Mãe, vamos acordar o pai para irmos brincar! O pai prometeu!"...

Enquanto estive no quarto para verificar o corpo ficaram gravadas na minha mente as imagens dos objectos feitos pelas crianças com frases como "Amo-te Pai" escritas com a sua própria letra, as fotos da família feliz e o olhar inocente das crianças.

É preciso ter estômago para estas merdas...
Dasseee!


sábado, 8 de maio de 2010

Bater num Geninho não é boa ideia...

Mais uma noite de serviço que, pela maneira como começou, pensei que fosse ser calma. Nada mais errado! Cruzei-me com uma patrulha que ia verificar uma simples situação de ruído e decidi ir com eles, não fosse preciso ajuda para lhes pôr os tampões nos ouvidos! Assim, fomos quatro militares à situação e rapidamente descobrimos que, pelo sítio que era, aquilo podia não correr bem porque quem lá vive acha que tem o corpo esponjoso e gosta de absorver álcool em grandes quantidades e de vez em quando também fuma daquelas coisas que fazem rir...

Bem, posto isto o que é que acham que aconteceu? Pois é, depois de se falar com a besta e dizer-lhe que há mais casas à volta onde existem pessoas que querem dormir e que, ao contrário dele, gostam de ir trabalhar e que não querem saber de que cor são as cuecas da companheira, o passarão teve a triste ideia de nos chamar "filhos da senhora que recebe dinheiro em troca de sexo"!! Má ideia. Os geninhos não gostam de ver a mãe chamada para assuntos alheios. Ainda por cima quando quem o fez achou que se podia livrar da detenção esbracejando e esperneando como um peixe fora de água, só que a pica durou pouco tempo depois lhe torcermos as barbatanas... 

Como se não bastasse, sai-nos na rifa a histérica da companheira que, a gritar em plenos pulmões no meio da rua, completou a lista de insultos com "gajos que não se lavam", "gajos com pares de chifres", "outra a vez a senhora que recebe dinheiro em troca de sexo" (esta sim, é muito solicitada!) e outras coisas que não consigo descrever sem asneiras. Depois é que foi bonito! Então não é que a senhora se quis armar em Jackie Chan e vai daí deu um pontapé na perna a um dos Geninhos ali presentes que tinha idade para ser pai dela! Como bom cavalheiro que sou decidi oferecer-lhe um par de pulseiras novas e foi então que o surreal aconteceu! Ficámos mesmo a saber a cor das cuecas da senhora quando a levantei e as calças do pijama ficaram subitamente pregadas ao chão! Não foi coisa bonita de se ver... :})

Depois de reposta a dignidade da dita (senhora, entenda-se!) oferecemos uma visita guiada às nossas instalações com o alto patrocínio do Ministério da Administração Interna pelos novos carrinhos que nos deram... Um conselho: se fumarem ganza, não bebam!