segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ele há cada animal!!

Ainda nem refeito estou da parasita constipação que se colou a mim como uma sanguessuga a sorver-me a saúde e já tenho que levar com mais um cromo! Estou eu tranquilo no Posto, durante a minha hora sagrada da refeição, e eis que o telefone toca. Não é de estranhar porque agora que começou a nevar isto virou um pandemónio... Ele é estradas cortadas, acidentes com fartura, putos a partir vidros de carros com bolas de neve (que mais parecem bolas de golfe) para festejarem o encerramento das escolas e as entrevistas na televisão, senhoras a telefonar porque o estúpido do gato dormiu fora e ficou colado à árvore... Enfim, um circo. E o palhaço, bêbado que nem um burro, não tardou a aparecer com o telefonema (aqui resumido) que fez para o Posto:

Palhaço: "Tou! O meu nome é "Shhehrmlarf" e estou á procura da minha filha!
Geninho: "Boa tarde, podia repetir o seu nome? Estou a ouvi-lo mal!"
Palhaço: "Shhehrmlarf! Onde é que anda a minha filha?"

Por esta altura deu para perceber que a carroça era gigantesca. Quando não se consegue dizer o próprio nome isto torna-se óbvio. Respiro fundo e respondo:

Geninho: "Onde quer que ela esteja, estará bem concerteza. Mas em que é que posso ajudá.lo?"
Palhaço: "Ela tá na escola. Mas ainda não deu sinal de vida. Ela vem para casa?"
Geninho: "De certeza que vai. Aguarde sossegado que ela chegará a casa bem."

Desligo o telefone e continuo o almoço. Cinco minutos depois outro telefonema. Quando pensei que já estava livre do Palhaço, eis que aparece o Mimo:

Mimo: "Onde é que está o meu irmão?"
Geninho: "Se o senhor quer gozar com alguém, escolheu o local errado. Quer uma sugestão? Procure no Jardim Zoológico!"

Nunca teria respondido tal coisa se a pessoa não fosse a mesma e não estivesse literalmente a gozar. Há pancadas para tudo mas aqui no Geninho só bate quem eu deixo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

OK? Não. KO!!

O Geninho está KO. Está de rastos. Um trapo. Sem energia, sem genica sequer para ripar do bastão! Quem anda à chuva molha-se e o Geninho apanhou uma molha daquelas. Roupas húmidas no corpo misturadas com umas correntes de ar pelo caminho só podem dar nisto. Num KO que nem o Rocky conseguiria. Ele é nariz entupido, garganta irritada (agora é que não engulo sapos) e olhinhos de quem fumou aquelas coisas que fazem rir. A seguir vêm a dores no corpo e a aquele estado de ebulição corporal que resulta em alucinações! Qual é a recomendação para estes sintomas? Cama! O que é que o Geninho vai fazer? Trabalhar! Porquê? Porque o Geninho é um duro (ou estúpido, se preferirem) e não se vai resignar aos sintomas! Vou ali beber um chazinho e volto já!

sábado, 13 de novembro de 2010

10 coisas que nunca deve dizer a um Geninho

1 - "A carta de condução? Claro! Mas não consigo tirá-la da carteira se o senhor não me segurar na cerveja!"
2 - "Se eu já ingeri bebidas alcóólicas hoje? Não, eu não bebo! Só fumo ganzas!"
3 - "Não me vai revistar a mala do carro, pois não?!"
4 - "O meu bastão é maior que o seu!"
5 - "Você tem uma arma porreira! Tenho uma igualzinha a essa debaixo do banco!"
6 - "Você devia vir a mais de duzentos para me acompanhar! Bom trabalho!"
7 - "O senhor sabe porque é que me mandou parar? Sim? Ok, ao menos um de nós sabe!"
8 - "Eu pago o seu ordenado!"
9 - "Devia era andar atrás dos ladrões e dos bandidos que andam aí a roubar! Não atrás dos bêbados que conduzem!"
10 - "Eu não bati em ninguém! Ele é que escorregou e deu de caras como meu punho!"

Aviso: O resultado de uma bacorada destas pode dar direito a entrada grátis em qualquer unidade hospitalar ou a uma estadia em regime de meia pensão na nossa rede nacional de calabouços.

sábado, 6 de novembro de 2010

Injustiças do Car*****

Um Geninho deve ser justo ou pelo menos tentar sê-lo. Deve defender os valores que são a base da Justiça no nosso país, preservá-la e aplicá-la sempre que pode.
É por acreditar em tudo isto que hoje me sinto revoltado. Digam de vossa Justiça:
Será justo que quando uma mulher fica grávida, as amigas lhe façam carícias na barriga e digam 'parabéns', mas que ninguém apalpe os tomates do marido e diga "Excelente trabalho!!"??

A Justiça não tem um único olho que veja o óbvio!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Discurso de ouro e lata!

Foi-me enviado um mail com esta pérola da literatura que não resisto em partilhar aqui.

EM ELEIÇÕES


O nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.
Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais.
para alcançar os nossos ideais
Mostraremos que é uma grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo da nossa acção.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
as nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos os nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

COM CINCO ANOS E MEIO DE GOVERNAÇÃO

Agora leiam o mesmo texto da última á primeira linha. Demasiado real, não é?

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Manias

Mitra - Bazem daqui bófias! Este bairro é nosso!
Geninho - Negativo meu caro mitra, o bairro é dos contribuintes "que trabalham " e que descontaram para isto poder ser construído.
Mitra - Vocês não podem vir aqui e perseguir os nossos boys assim!
Geninho - Não temos culpa de vocês serem burros de fugirem sempre para o mesmo sítio.
Mitra - Aqui ninguém fez nada! Bazem daqui!
Geninho - Pois é. Se tivessem feito alguma coisa de bom provavelmente não eras deliquente.
Mitra - O qué que me chamou?
Geninho - O sinónimo de socialmente inadaptado!
Mitra - Náááá! Assim já é demais! Táme a chamar nomes? Vou chamar a SIC e a TVI pa virem aqui filmar isto!
Geninho - Boa! Pode ser que alguém te reconheça pela merda que andas a fazer e te ponha na cana mais cedo...