terça-feira, 29 de novembro de 2011

Para ti...

As saudades apertam mas eu tenho conseguido controlar as minhas emoções. Estou calmo e tranquilo porque sei que estás bem... E é tão bom ouvir a tua voz ou ver-te pela internet!! Estas fotos são para ti, porque afinal tu és a minha ESTRELA!



 Amo-te Filha!!!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Email ME

Eu nunca recebi muitos Email's (contam-se pelos dedos de uma mão) no endereço do blog e parece-me que a conta se cansou de esperar que eles chegassem deixando de funcionar!!! 

Sempre que tento aceder dá-me um "Erro inesperado aconteceu. Volte a tentar daqui a 100 anos!"

Como não vou durar até lá decidi criar uma outra conta à prova de bala, de vírus, de erros inesperados e de "atrofianços" em geral!

osenhorgeninho@hotmail.com

Façam o obséquio de escrever para cá sempre que sentirem vontade de reclamar quanto ao conteúdo deste espaço! (Isto é a melhor maneira de garantir a recepção de muitos email's e manter a conta em forma!!)

sábado, 26 de novembro de 2011

Miséria Camuflada

Quem passeia pelas ruas de Dili, rapidamente se apercebe da "Ocidentalização" a que as pessoas foram sujeitas pela forte presença da comunidade internacional que aqui se encontra. É ver os adolescentes com cristas no cabelo, brinquinho na orelha, T-Shirts de clubes portugueses, ingleses e afins, ténis de marca e outras coisas mais. Podem pensar: "É o país mais novo do mundo e está a começar a evoluir, é normal que os Timorenses se interessem por este tipo de coisas!".

Desenganem-se!!!

Estes pequenos sinais não são sinais de evolução mas sim de uma asfixia que os estrangeiros implementaram. Um exemplo disso foi o que aconteceu ontem quando convidei quatro rapazes para almoçar. São miúdos novos que fazem entregas de frutas e legumes e vários sítios e que ontem vieram cá. Todos eles vestiam roupas de marca, usavam crista cheia de gel enfim, putos com alguma pinta. Mas a fachada acabou aqui. Quando souberam que iam almoçar connosco ficaram radiantes ao ponto de não pararem de sorrir durante a refeição toda! Tive que obrigá-los a lavar as mãos porque não têm esse hábito, comeram por 3 ou 4 e no final foram-se embora com um sorriso do tamanho do mundo. Porquê? Porque a sua próxima refeição só iria ser no dia seguinte de manhã, se conseguissem arranjar pão para comer...

É este tipo de miséria que me impressiona e que só uma fachada imposta consegue disfarçar...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Haunted...

Estou a voltar a sentir aquele nervoso miudinho a apoderar-se de mim... A comida cai-me como pedras no estômago, as mãos ficam suadas, engulo em seco e respiro fundo demasiadas vezes. O passado, recente e distante, teima em fazer-se sentir mesmo a esta distância. Há sempre algo que me rodeia que me faz recordar pesadelos que não têm fim, situações eternamente pendentes.

Há certas palavras que não devem ser pronunciadas sem convicção... Sei disso por experiência própria... Porque quando ouço algo e depois constato que tudo à minha volta me parece o oposto do que me foi dito sinto de volta a angústia que um dia me causou náuseas ao ponto de não conseguir comer, de não conseguir dormir (como aconteceu esta noite) e de me custar respirar... 

Vou abrir bem os olhos e tentar não ver, vou mergulhar o mais fundo possível em mim só com o oxigénio dos meus pulmões, sem ajudas, sem artifícios... Só eu e o peso que carrego...

E já estou a começar a suar outra vez...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Scu! Bah! Dive!

Estou farto de folgas. A sério. Folgar três dias em três semanas parece-me demasiado. Faz-me sentir mal em relação a quem realmente trabalha! É isso e o facto de não ter horário. Tanto posso sair às 17H00, como às 20H00! Isto é um atentado contra quem sai sempre à hora certa. Cheira-me a desmazelo porque não há regras. Quer dizer, os outros têm que cumprir o que está estipulado e aqui o Geninho sai a uma hora qualquer! Está mal... Já demonstrei o meu desagrado ao Comandante dizendo-lhe que quero passar a folgar só de duas em duas semanas mas ele não me pareceu muito convencido e decidiu-se por me dar folga de três em três... Enfim... Sou um privilegiado!

Aproveitando esta fartura de tempo livre dediquei-me a encarnar o que os pescadores locais chamam de "Sereião" - Metade Homem, metade Canastrão! Do dia passado na praia, houve tempo para a preparação em terra e para a acção propriamente dita e o resultado foi esta miséria que aqui me apraz partilhar...

A treinar a técnica de natação qual baleia encalhada...

A pensar se devia mesmo ir para lá depois do treino miserável...

E eis que chega o momento de ficar, não à tona, mas à toa...
 


Altura de respirar fundo e...

 ... fazer corridas com um golfinho a uma velocidade estonteante e ganhar por barbatana e meia!!

 Obrigado pelo vosso apoio! Não conseguiria sem vocês!!

 Agora vou ver os corais...

 O quê?? 

O que é aquela m****??!!


 Retirada estratégica...
 
 
 Gostei muito de cá estar...
 
 É tudo muito bonito e tal...

 Mas...

 ...aqui é que se está bem...

Até ao próximo mergulho!!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

A Esperança nunca morre...

Acabei de saber que a jovem mulher a quem doámos sangue já foi operada e está a recuperar bem! Em breve, ela poderá ter pela primeira vez os seus filhos recém nascidos nos braços, acarinhá-los, mimá-los, amá-los, vê-los crescer! 


Saber que o nosso contributo foi determinante para este feliz desfecho faz-me pensar que há gestos tão simples que valem tanto, que podem atenuar o sofrimento ou até mesmo salvar vidas, como foi o caso. E ver no olhar dos seus familiares a imensa gratidão com que nos presentearam foi a maior recompensa que podíamos ter tido.

Só por isto já valeu a pena ter cá vindo!