sábado, 30 de junho de 2012

Este dia tinha que chegar...

Depois de uma tarde emotiva e divertida na última sessão do espectáculo de Teatro em que participei, senti-me cansado mas extremamente feliz por tudo ter corrido bem, por termos tido a oportunidade de levar alegria e boa disposição às gentes de S. Pedro!

Chegado a casa, nada melhor que relaxar um pouco à brincadeira com a minha princesa! Mas eis que no meio da galhofa ela se sai com esta:

- Paaaiiiiiii, posso dizer-te uma coisa?
- Claro filha, podes!
- Estou apaixonada por um colega meu!!

Perante tamanho descaramento segui-se um momento de paragem cardio-encefálico-respiratória, congelação instantânea de pensamentos e olhar vazio com expressão de vegetal.

- Tu estás o quê??!!
- Oh Pai, estou apaixonada por um colega meu...

Depois de recuperado o sangue frio e a taquicardia anterior, num ápice, preparo o interrogatório que se segue. Ar sério, olhos nos olhos, luz intensa dirigida à cara e sobrancelha arrebitada!

- Como é que ele se chama??
- Chama-se Gil.
- Gil é nome de mascote. Não gosto! Que idade tem??
- Tem cinco anos.
- Demasiado novo e imaturo!! Tu tens seis! Não é criança para ti! Porque é que gostas dele??
- Porque é giro!
- Jamais!! Nunca ninguém será suficientemente giro para ser teu namorado!! Esquece-o!!

Agora a cena real. Tudo isto dito por ela com um ar de traquina e sorriso malandro e eu a fazer-lhe uma barrigada de cócegas para fazê-la esquecer o miúdo (sem sucesso, diga-se)! Só me restou fazer-lhe um sorriso amarelíssimo e fingir que aquilo era tudo normal...

Bah, lá vou eu ter que tirar a shotgun do armário...



12 comentários:

Luísa disse...

eu tenho 18, e é por estas e por outras que eu nem me atrevo a dizer nada ao meu pai xD quer dizer aos meus pais, que a minha mãe acho que ainda consegue ser pior xD

AC disse...

Vai buscar a shotgun.., não quero ser pessimista mais isto só tende a piorar.Cada vez as meninas começam a namorar mais cedo, hehehe prepara-te para o pior.

Senhor Geninho disse...

Luísa,

Eu tenho 33 e não sou o tipo de pai de andar sempre em cima e fazer todo o tipo de interrogatórios. Este texto, como deves ter percebido, foi feito em tom de brincadeira pela situação caricata porque foi a primeira vez que ela falou em rapazes! E, sinceramente, acho que devias falar com os teus pais acerca destas coisas. Nao quer dizer que tenhas que contar tudo mas dar-lhes umas luzes não seria mau... ;)

Senhor Geninho disse...

AC,

Obrigado pela moral!!! :p

Vou buscar a shotgun e o resto arsenal que tenho guardado no bunker... ;)

Beijo.

Salsa disse...

Certo dia a caminho de um casamento mais um casal amigo o meu filho sai-se com esta pérola: " o meu namorado o gui" em plena auto estrada deixei de ver a estrada o casal ria como se não houvesse amanhã.
Crianças tem coisas engraçadas e muito embaraçosas.

L.O.L. disse...

Ainda bem que nunca tive namoradas filhas de polícias. rsrsrsrsrsrsrs=)

Senhor Geninho disse...

Salsa,

Embaraçoso é no mínimo lisonjeador!! Fiquei possesso, irritado, maluco de todo!!!!!´

Mentira... Não fiquei nada... Fiquei um pouco á toa, confesso, porque a conversa surgiu do nada, mas até achei imensa piada! Mentira, achei só um bocadinho de piada... :p

Senhor Geninho disse...

L.O.L.,

Não te irias arrepender!! Nós conseguimos ser bastante amigos dos namorados das nossas filhas principalmente quando lhes zelamos pelas partes íntimas ao lembrá-los que não devem usá-las sob pena de um dia poderem acordar sem elas... :p

Libertya... disse...

Eu a ler-te e a minha filha mais velha a vir ter comigo e dizer: mãe, tenho uma coisa para te contar... O Ivan pediu-me em namoro e gosto dele..."

A vontade foi de explodir! Tem 12 anos e o à vontade suficiente para me ver como amiga e confidente, mas ha coisas que mãe sofre lololol são os nossos bebés, por mais idade que tenham! Não obstante, estamos cá para isso. :)

* E isto é veridico! lol

Julie D´aiglemont disse...

AhAhAhAh! Pobre Gil, que arrisca-se a um atropelamento e fuga protagonizado por um certo e determinado GNR... (brincadeira)

Senhor Geninho disse...

Libertya,

Eu nem quero saber o que a minha filha me vai dizer quando tiver a idade da tua... Até lá, tenho muitas munições para gastar!! :p

Beijos.

Senhor Geninho disse...

Julie,

O atropelamento e fuga só vai acontecer depois do interrogatório e da sessão de tortura... :p

Beijos.