terça-feira, 26 de junho de 2012

Oito anos depois. Oito anos... Passado tanto tempo sinto novamente o coração descompassado, o frio na barriga, a excitação e ansiedade crescentes... Senti a onda de energia positiva que nos invadiu minutos antes, faço umas palhaçadas para ajudar a descontrair os mais tensos e eis que finalmente piso o palco, bêbado que nem um cacho, e tudo desaparece! No fim, a emoção das palmas e a sensação de alívio com o final do espectáculo. Obrigado a todos com quem trabalhei e um obrigado especial a ti, Nuno Vicente, por me proporcionares a oportunidade de me divertir à grande outra vez!!!

P.S.- Para as mentes mais preversas esclareço que a bebedeira fazia parte da personagem...;)



7 comentários:

AC disse...

Estou a ver que és um rapaz dos sete ofícios.. sabes cozinhar, de decoração, fazes teatro... hummm, muito interessante:)

Orquídea Selvagem disse...

Nunca representei mas conheço essa angustia e o frio na barriga que se sente antes de pisar o palco.
Pensei que a parte do "bêbado que nem um cacho" era uma metáfora para mostrar como estavas inebriado com o momento de pisares o palco e viveres de novo aquelas emoções e toda a adrenalina inerente.

E que mais posso dizer?? "Muita merda" para os próximos espetáculos, caso os haja!

Tudo de bom! :)

Senhor Geninho disse...

AC,

Sou apenas um apaixonado por fazer coisas distintas que me dão imenso prazer.

Beijo.

Senhor Geninho disse...

Orquídea Selvagem,

É uma interpretação interessante acerca do que senti! ;)
Sabes do que falo? Que palcos é que pisaste?!
Não posso agradecer pelo que me desejaste mas fica aqui implícito!! :D

Beijo.

Orquídea Selvagem disse...

Que palcos pisei? Bom, sem contar com o palco da vida que pisamos todos os dias, refiro-me a pequenas participações (quando andava no liceu) em espetáculos escolares integrando o grupo coral e também, noutra altura, um grupo de dança jazz.
Tempos que já lá vão mas que não esquecem.

Beijinhos sem saudosismos :)

Senhor Geninho disse...

Orquídea Selvagem,

O que é bom nunca se esquece, por isso, são momentos para guardar na caixinha das recordações! :)

Beijo.

Malena disse...

Que sejas feliz em todos os palcos! :)